sábado, 22 de outubro de 2016

Como manusear, armazenar e cuidar das Lentes Esclerais

Siga as instruções do seu Oftalmologista ou Ortoptista

É importante seguir as instruções dados pelo seu profissional da visão sobre o uso apropriado das lentes esclerais. Incluindo os produtos de manutenção das lentes.
Se sentir olho vermelho, desconforto ou irritação, diminuição da visão ou lacrimejo excessivo durante a utilização da lente de contacto escleral, deve remover as lentes e contactar o profissional da visão.
A aplicação e a remoção das lentes esclerais, de início parecem ser manobras intimidantes e difíceis. Mas se seguir estas instruções o processo pode ser bastante simples.

Higiene das mãos
Uma higiene correcta é o primeiro passo para o sucesso da utilização das lentes de contacto. Lave as mãos com sabão neutro e seque muito bem as mãos com uma toalha limpa antes de manusear as suas lentes de contacto.

Manuseio das Lentes
É importante de início definir qual a lente que irá colocar primeiro, se olho direito ou esquerdo, criar este hábito para não correr o risco de trocar as lentes. Por exemplo, se for dextro, provavelmente irá iniciar o processo pela lente do olho direito, assim cada vez que colocar as lentes inicie pelo olho direito.

Comece então por remover gentilmente a lente do estojo. Inspeccione a lente, à procura de detritos, “lixo” ou mesmo que esta não se encontre partida ou rachada.
Enxagúe a lente por solução salina sem conservantes (ou soro fisiológico) antes de colocar no olho. Em determinados casos não é necessário este passo.

Colocação da Lente Escleral
Com os dedos forme uma espécie de “tripé” e coloque a lente sobre eles. Isto irá permitir com que a lente não caia com facilidade na colocação.



Preencha a lente escleral com solução salina sem conservantes (ou soro fisiológico) até cima. Posicione a cabeça paralela a uma mesa que tenha um espelho de apoio deitado e olhe a direito da mesa.



Para colocar a lente tem de abrir bem a sua fenda palpebral, use a mão livre para segurar as pálpebras de modo abrir o olho o máximo possível. Pode usar a mão livre para segurar a pálpebra superior e o dedo anelar da mão que tem a lente para segurar a pálpebra inferior.

Introduza a lente gentilmente no olho por cima da pupila (menina do olho), liberte as pálpebras e pestaneje várias vezes para libertar o excesso de líquido. A lente irá centrar-se automaticamente.

Inspeccione a lente escleral no olho
Inspeccione a lente no olho para se assegurar que não exista bolhas de ar presas por baixo da lente.



Se encontrar uma bolha de ar por baixo da lente, terá de retirar a lente e voltar a colocar.




Introduza a Lente escleral com uma Ventosa
Se desejar pode utilizar uma ventosa cortada para a colocação da sua lente de contacto escleral.




Cuidadosamente coloque a lente centrada no topo da ventosa. Preencha a lente escleral com solução salina sem conservantes (ou soro fisiológico) até cima. Posicione a cabeça paralela a uma mesa que tenha um espelho de apoio deitado e olhe a direito da mesa.




Com a lente encostada no olho, aperte ligeiramente a ventosa  para a libertar no olho. Liberte as pálpebras e pestaneje várias vezes. A lente automáticamente irá ficar centrada.
Caso a lente não fica no centro do olho, retire a lente e repita o processo.

Lave a ventosa frequentemente com sabão neutro e deixe secar ao ar livre.

Remoção da Lente Escleral
Certifique-se que o estojo das lentes está limpo. Utilize apenas no estojo os líquidos de manutenção prescritos. NUNCA LAVE O ESTOJO OU AS LENTES COM ÁGUA.

De frente para o espelho utilize o dedo indicador, com o bordo da pálpebra inferior, pressione o olho na parte “branca do olho”, junto ao bordo da lente. Não pressione a lente, é logo a seguir à lente.




Quando a sucção da lente é quebrada, uma bolha de ar forma-se por baixo da lente. Com isto a lente perde estabilidade e a sua remoção é mais fácil.

Depois deste passo, que tem sempre de ser feito, pode remover a lente com os dedos com auxílio das pálpebras ou utilizar uma ventosa específica para remover a lente.




Olhando para o espelho, abra a fenda palpebral com os dedos, com intuito de expor a parte inferior da lente.




Coloque a ventosa na parte inferior da lente, nunca no olho, tenha esse cuidado.

Assim que a ventosa esteja aderente à lente, gentilmente remova a lente do olho.




Depois de retirar a lente do olho, remova a lente da ventosa com cuidado, para não danificar a lente.

Siga as instruções de higiene e manutenção das lentes indicadas pelo seu profissional da visão.


Vídeo demonstrativo do processo:
http://www.youtube.com/watch?v=h0dl2P6qyZU&sns=em

Armazenamento e Soluções

Desinfecção
As lentes não podem ser armazenadas em solução salina durante a noite, devido ao risco de crescimento microbiano e o consequente risco de queratite microbiana.
Usar sempre uma solução desinfectante de lentes de contacto, e que deve ser reposta cada noite. Utilize as soluções de manutenção prescritas pelo seu profissional de visão. Soluções especificas para o seu tipo de lente escleral.

Portadores de lente Mini-Escleral Comfort15 devem utilizar como líquidos de manutenção e limpeza;
EYE EYE Comfort – liquido de manutenção diário, colocado no estojo todos os dias, onde as lentes passam a noite. Recomendado pelo fabricante.
EYE EYE Cristal Cleaner – Liquido de desinfecção de base alcoólica. Coloque uma gota de liquido sobre a lente e massaje a lente com um dedo gentilmente, a acção do liquido e o movimento do dedo permitirá uma limpeza mais eficaz da lente. Poderá realizar este passo diariamente antes de colocar a lente no estojo. Este liquido não pode entrar em contacto com o olho.

Portadores da lente Escleral ICD 16.50 devem utilizar como líquidos de manutenção e limpeza;
Hefilcon Humectante Lenticonliquido de manutenção diário, colocado no estojo todos os dias, onde as lentes passam a noite. Recomendado pelo fabricante.
Duolens LenticonLiquido de desinfecção de base alcoólica. Coloque uma gota de liquido sobre a lente e massaje a lente com um dedo gentilmente, a acção do liquido e o movimento do dedo permitirá uma limpeza mais eficaz da lente. Poderá realizar este passo diariamente antes de colocar a lente no estojo. Este liquido não pode entrar em contacto com o olho.

Rodolfo Moura

(Ortoptista)

Sem comentários:

Enviar um comentário